Permita que o acaso toque e te surpreenda
Permita que as borboletas povoem o céu dos seus sonhos...
Convide as cores a adentrarem no preto e branco da mente...
Escolha ás vezes até não escolher tanto...
E mergulhe no infinto de poder acreditar que o
possível é tocável...
Deixe-se tocar a alma com singelezas...

15 junho 2011


O Nosso amor
Nuca pensei que
 o nosso amor
seria infinito assim...
 Que as dúvidas
 se calariam assim
 com um beijo...
Um amor nosso
Versado em posias
tão lindo assim...
Voce segurando
 minhas mãos
cuidando de mim assim...
( Van Albuquerque)

(J.Zordan)

Nenhum comentário:

Postar um comentário